BLOG

Repercussões do Show de gravação do DVD

Cavalo Motor por Evandro Santos

Foi bonito sem fim. Fui pra Gangorra, terra de minha mãe, terra que não cheguei a conhecer e que já nem existe. Fui para a cozinha da minha vóinha e a delicadeza da feitura dos seus doces de figo. Catei arroz vermelho no mato, lembrei da primeira vez em que ouvi a palavra buriti. Revi a graça e dor da aridez. Vi uma gente forte e inspirada dizendo de seu nosso país com amor e respeito. Fui para um dos melhores shows que já vi na vida. E gosto tanto de show… E tinha tempos não assistia a um tão bem cuidado. Cuidado que a gente sente. Que mais gentes vejam, ouçam, se reconheçam com o Cavalo Motor.

‪Clênia Carvalho

Alegria a minha de poder estar lá. Soco na cara. Maravilha de show, narrativa, músicos; de jeito de fazer pulsar arte, música e vida, em sincronia. E estes conectados com nosso tempo. Parabéns ‪Makely Ka e todos!! Rio-palavra-tempo. No começo achei o som baixo, algo estranho, mas creio que deve ter tido um porque, e tb nao foi algo que prejudicasse a grandiosidade do show, que vai muito além de detalhes técnicos. Felicidade! Só agradeço e desejo sucesso, vôo alto ao cavalo motor..!

‪Mariana Gontijo

Hoje vi algo pouco comum na cena mineira. Vi e ouvi o show de Makely Ka, um show de músicas inspiradas no profundo do sertão e do mundo e que trazia arranjos com Victor Munhoz tocando harmônio indiano, Akai MPC e seu sintetizador modular construído pelo mestre Vinicius Brazil. Muito Sample & Hold, drones, noises, pilotadas de filtro e de oscilador. É muito bom ver alguém integrando sintetizadores analógicos e eletrônica ao vivo em Minas, melhor ainda quando é de bom gosto e contextualiza perfeitamente essa mistura de tempos que é o Makely. Vejo três dificuldades para a inserção da música eletrônica dentro de bandas de formação ou estilo mais tradicional: A primeira é o acesso à bons equipamentos, a segunda é saber o que e onde usar e a terceira é ter técnicos de PA e mix que saibam o que fazer com a variedade de sons e texturas de um sintetizador. As duas primeiras dificuldades foram bem sanadas por Makely, Mauricio Ribeiro e Vitor, com boa sincronia, adequação de timbres e pilotada precisa. Gostaria de ver mais e mais arranjos e bandas com synths pelos nossos palcos

Alexandre Fonseca

O encontro marcado com nós mesmos foi tão fundo que ainda não voltamos. A música de Makely Ka nos lembra do que somos feitos. Minas é coração e osso do Brasil.

Suzana Salles

A felicidade de ver que, apesar de tantas mudanças no contexto atual, a reunião possibilitada por artistas que buscam uma comunicação real com o público se resume no que eu acredito ser o propósito da musica, propósito esse muito bem retratado no espetáculo do Makely Ka e todos os músicos presentes na noite de hoje: partilhar e expressar a nossa história! Belíssimo encontro! Muito grata!!!

Paula Almeida

O agreste-poeta, a palavra de bicicleta, a essência da poeira vitaminada pela sílaba precisa.
A razão e o cuidado, o tempo sem água e sem vento, a memória das imagens e vivências.
No meio de tudo, o sentido. Em torno de tudo, o som.
A imersão no Cavalo Motor do Makely proporcionou flutuâncias, mergulhos sem volta num universo tão particular e, ao mesmo tempo, universal.
O DNA pulsando junto com o poder do verbo.
Dezessete indivíduos num palco em sonoridades traçadas milimetricamente. Uma célula abissal.
Foi ótimo viajar junto da magrela do Makely, em tempo real. Foi lindo flutuar no suco do resultado de tão rica experiência!
Parabéns!!!!!!!!
PS: a Suzana Salles é uma das pessoas mais simpáticas do mundo!

Ana Cristina

Absolutamente chapada com o show do Makely Ka hoje, que tive a alegria e sorte de participar, com tantos maravilhosos
Uma obra literária no palco
Momentos que me tocaram profundamente
Queria que todos vissem este show
Estou voando leve e livre como um pássaro
Gostaria que todos voassem também. Desejo de felicidade para todos 
No mais, Makely Ka, tiro o meu chapéu!!!

Ná Ozzetti

Amanhã, meu parceiro Makely Ka vai se apresentar no Teatro Bradesco em lançamento oficial de seu petardo fonográfico Cavalo Motor, um dos discos mais impactantes dos últimos anos. Seguindo de sua jornada ciclística pelo grande sertão, ele elevou o local ao universal em suas últimas consequências, em suas redondilhas ultra-modernas e ancestrais a um só tempo, ponteadas por seu inimitável violão, e potencializadas por uma produção altamente ousada. Ouvimos o universo do interior desde o primeiro aboio, Carrasco, e daí pra frente, é uma toada que reafirma e agudiza suas vertentes desde Danaide e Autófago, seus discos anteriores. Imperdível e histórico.

Pablo Castro

Hoje, no Teatro Bradesco, o compositor e parceiro Makely Ka grava seu primeiro DVD. Um compositor muito especial, com uma trajetória muito singular. Se vc quer participar da historia da música brasileira, vá, pq ela está sendo escrita ali.

Kristoff Silva

Estava em BH para ver o Makely Ka. Era a última sexta de abril e o show era o Cavalo Motor. Em cena, além do condutor, uma banda grande e convidados dispostos a nos conduzirem para dentro do universo multiplicado pelo artista, que refez em 2012 uma pequena parte do Grande Sertão montado numa bicicleta e gerou a partir desse itinerário um disco, um show, um relato fotográfico e, por fim, a gravação de um dvd que estava sendo filmado naquela noite no palco do Teatro Bradesco.

Perfeitamente sintonizado com a atualidade da música brasileira, mas sem se eximir de contar com referências tradicionais das harmonias mineiras e nordestinas por exemplo, Makely vem dialogando em sua obra com parcerias inusitadas, onde pontuam desde improváveis instrumentistas das ruas novaiorquinas até conceituados virtuoses do meio intelectual nacional, sempre unidos por critérios estéticos apurados e a partir de uma concepção artística singular, que o próprio faz questão de cultivar em relação ao que produz.

Makely botou na praça ano passado, com o apoio do Natura Musical, um disco impecável, muito bem produzido, excelente gravação e mixagem, perfeitamente acabado, lindo, sublime. Embora suas melodias não sejam de assimilação instantânea, quem se desobrigar a uma audição mais apurada irá se maravilhar com a exuberância tecnicamente impecável de seu instrumento se alinhando a violas, tambores, pífanos e outros sons padrões que se misturam a recursos experimentados eletronicamente em perfeita sincronia com timbres mais orgânicos, realçando o texto de um compositor com rara disposição, texto inspirado e sensível interpretação.

Por este conjunto de jogadas que vem sendo capaz de levar adiante, além de sua performance na atuação política cultural dentro do segmento há uma década, Makely Ka vem se credenciando como um craque, e na minha opinião, como forte concorrente a levantar um troféu para a música feita no Brasil neste período. Pedalando para isso ele está, e mesmo devagarinho, vencendo trecho a trecho a estrada tortuosa, sua música tem potencial para escalar veredas íngremes e, sólida, se afirmar a partir da personalidade que o seu autor lhe confere.

Esso Alencar

Matérias na Imprensa

Do Tamanho do Mundo – Jornal Pampulha

http://www.otempo.com.br/pampulha/almanaque/do-tamanho-do-mundo-1.1025847

Raízes sonoras de uma jornada musical, literária e espiritual - Jornal O Tempo

http://www.otempo.com.br/diversão/magazine/ra%C3%ADzes-sonoras-de-uma-jornada-musical-literária-e-espiritual-1.1028599

Um jagunço bem versado – Veja BH

http://vejabh.abril.com.br/atracao/makely-ka-no-teatro-bradesco

Beleza também se acha em horinhas de descuido – Centro Cultural Minas Tênis

http://centroculturalminastc.com.br/noticias/beleza-tambem-se-acha-em-horinhas-de-descuido/

Divirta-se

http://divirta-se.uai.com.br/app/noticia/musica/2015/04/24/noticia_musica,167018/makely-ka-se-inspira-no-sertao-de-rosa-no-disco-cavalo-motor.shtml

Hoje em Dia

http://www.hojeemdia.com.br/almanaque/makely-apresenta-repertorio-do-album-cavalo-motor-no-teatro-bradesco-1.313632

Revista da Cultura

http://www.revistadacultura.com.br/so-no-site/notas/15-04-23/Show_de_Makely_Ka_nesta_sexta-feira_em_Belo_Horizonte_apresenta_conceitos_e_canções_do_álbum_Cavalo_Motor.aspx

Revista Brasileiros

http://brasileiros.com.br/2015/04/mg-makely-ka-faz-show-disco-cavalo-motor-na-sexta/

Revista Vida Simples

http://vidasimples.uol.com.br/noticias/compartilhe/makely-ka-faz-show-do-disco-cavalo-motor-em-belo-horizonte.phtml#.VTqbTJRdWPY

Rolling Stone

http://rollingstone.uol.com.br/guia/show/makely-ka/

Catraca Livre

https://catracalivre.com.br/bh/agenda/barato/makely-ka-faz-show-de-cavalo-motor-no-teatro-bradesco/

 

Links dos programas de TV

Globo Horizonte

http://g1.globo.com/minas-gerais/globo-horizonte/videos/t/edicoes/v/musico-makely-ka-e-o-destaque-do-globo-horizonte/4120557/

Opinião Minas

https://youtu.be/8xbOXfL0q6c

Agenda Rede Minas

https://youtu.be/ZC5xikuExvU

TV UFMG

https://vimeo.com/125752915

 

Link da transmissão

http://livestream.com/accounts/8362039/events/3997564

Ilustração: Evandro Alves

Postado em 28/04/2015 Blog!

Compartilhe

Sobre o autor

Makely Ka (Valença do Piauí, 1975) é um poeta cantor, instrumentista, produtor cultural e compositor brasileiro. Makely é poeta, compositor e agitador cultural. Atuando em diversas áreas como a música, a poesia e o vídeo. Incorpora à sua produção artística um componente crítico e reflexivo. Autodidata, desenvolveu uma poética musical própria, amalgamando elementos da trova e do aboio de herança ibérica às novas linguagens sonoras urbanas como o rap, do despojamento da poesia marginal ao rigor formal da poesia concreta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top