BLOG

Rodada de Negócios Minas

Uma comitiva de produtores e jornalistas estrangeiros vai aportar em Belo Horizonte na próxima segunda-feira para conhecer melhor a música produzida em Minas atualmente.

Desenvolvido pela Brasil Música & Artes (BMA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX Brasil), o projeto Comprador & Imagem, organizado pelo Fórum da Música de Minas Gerais com o apoio do SEBRAE e da Secretaria de Estado de Cultura, coloca Minas Gerais pela primeira vez no calendário dos projetos de exportação da música brasileira.

O ineditismo da iniciativa comprova a tese de que a música produzida hoje no Estado vêm se organizando, se profissionalizando e conquistado cada vez mais representatividade no cenário nacional e internacional. Novos lançamentos de compositores, intérpretes e instrumentistas vêm confirmar a renovação e ineditismo da cena, que para além de rótulos e estilos, tem justamente na diversidade o seu ponto forte. Justamente essa diversidade e a qualidade dessa produção é que chamaram a atenção dos compradores e jornalistas internacionais.

A expectativa entre músicos e produtores locais é de que a música produzida em Minas hoje esteja muito próxima de ser, juntamente com o aço, a cachaça e o pão de queijo, um de nossos principais produtos de exportação. De fato, nos últimos cinco anos vem sendo engendrada no Estado senão a mais, uma das cenas mais efervescentes, diversificadas e consistentes do país. Estamos falando de compositores, intérpretes e instrumentistas produzindo todo tipo de música que se possa imaginar, com as mais variadas referências e a qualidade peculiar à produção musical do Estado.

As ações de promoção da música mineira no exterior foram, durante décadas, não mais que tímidas, esparsas e desconexas. Decorriam, no mais das vezes, de iniciativas pessoais de determinados artistas e produtores. Um Programa de Exportação da Música idealizado e desenvolvido coletivamente vêm preencher uma lacuna fundamental para o desenvolvimento do setor. Além disso vivemos aqui um momento peculiar, com a organização inédita de uma classe historicamente desarticulada. O Fórum da Música de Minas é decorrência direta dessa organização e agrega cooperativas, associações e demais entidades ligadas à cadeia produtiva da música. Foi criado com o intuito de estabelecer um diálogo franco e direto com o poder público de forma a atender as demandas da classe e funciona de forma auto-gestionada. Atualmente as entidades componentes do Fórum são: COMUM (Cooperativa da Música de Minas), SIM (Sociedade Independente da Música), AMMIG (Associação dos Músicos de Minas Gerais) e Associação Museu do Clube da Esquina.

Na programação do projeto “Comprador e Imagem” estão previstos um seminário, um pitching com os compradores e a apresentação de shows-case. Segue abaixo a estrutura de cada atividade:

Programação

No dia da chegada deve haver um jantar com os compradores e os parceiros locais e um passeio turístico pela cidade. No mesmo dia ainda haverá a primeira bateria de shows-case.

No segundo dia haverá pela manhã seminário com jornalistas e compradores. A tarde fica reservada para visitas turísticas aos jornalistas. Os compradores, a partir das 14h, participarão do pitching e às 16horas das rodadas de negócios. A noite é reservada para a segunda bateria de shows-case.

Seminário

Durante o seminário, com tradução simultânea, os compradores e jornalistas apresentarão um panorama do trabalho que desenvolvem em seus respectivos países, dando dicas e esclarecimentos sobre as melhores formas de negociação de música no mercado internacional.

Estrutura do pitching

A partir das 14 horas haverá a organização de pitchings. Pitching é a oportunidade dada aos profissionais brasileiros para exporem seus trabalhos para os compradores internacionais. Com base no material enviado, os próprios compradores selecionaram os artistas que eles gostariam de ouvir no pitching. O pitching deve ser proferido em inglês.

Estrutura das rodadas

Após os pitchings, às 16 horas, os compradores farão reuniões de negócios com os profissionais brasileiros, sendo estes escolhidos pelos próprios compradores a partir do material enviado e das próprias apresentações dos pitchings. As rodadas também ocorrerão em inglês.

São portanto duas oportunidades de exposição de trabalhos para os compradores internacionais. É possível que os profissionais mineiros sejam selecionados para as duas atividades ou apenas para uma delas, conforme indicação dos compradores.

Shows-case

Os shows-case acontecerão no dia 18 no Estúdio B e no dia 19 nas salas Juvenal Dias e João Ceschiatti simultaneamente. Cada apresentação terá duração de aproximadamente 10 minutos.

Compradores Internacionais

• Brent Grulke: SXSW (EUA)
• John Bissell: trilhas sonoras (EUA)
• Olivier Lacourt: Discograph, vice-president of French Export Bureau (França)
• Mel Puljic/Mondo Music: produtor de shows (Milton Nascimento, Jorge Ben) (EUA)
• Neil Mowat: branding, Troca Brahma (Reino Unido)
• Gene de Souza: Rhythm Foundation (EUA)

Mídia Internacional

• Tracy Mann (EUA)
• Jody Gillett (Reino Unido)
• Alex Robinson: jornalista (Songlines, Travel Magazines e New York Times) (Reino Unido)
• Jim Carroll: jornalista (The Irish Times) (Irlanda)

* Os visitantes internacionais são formadores de opinião altamente respeitados e conhecidos em suas respectivas áreas profissionais. Sendo o alvo dos projetos a geração de negócios e comunicação da imagem de uma Minas Gerais dinâmica e rica musicalmente, buscando oportunidades para mostrar artistas do segmento independente com qualidade e profissionalismo para atingir o mercado internacional. Adicionalmente, será mostrado também o potencial cultural-turístico do Estado.

Serviço:

Projeto Comprador & Imagem – Rodada de Negócios Minas

Seminário

Data: 19/08/2008

Horário: 08:30 às 12:00

Local: Sebrae – Av. Barão Homem de Melo,329 – 3º andar

Vagas limitadas a 100 pessoas – inscrições realizadas no site e telefone do Sebrae

www.sebraemg.com.br

Tel.: (31) 3269-0180

Pitching e Rodada de Negócios Internacional

Data: 19/08/2008

Horário: 14:00 às 19:00

Local: Sebrae – Av. Barão Homem de Melo,329 – 3º andar

Só poderão participar os músicos / produtores selecionados.

Shows-case:

Data: 18/08/2008

Horário: 21:00 às 23:00

Estúdio B (Av. do Contorno, 3849, São Lucas)

Tel.: (31) 32832393

Data: 19/08/2008

Horário: 20:00 às 22:00

Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537)

Sala Juvenal Dias e Teatro João Ceschiatti

Postado em 15/08/2008 Blog!

Compartilhe

Sobre o autor

Makely Ka (Valença do Piauí, 1975) é um poeta cantor, instrumentista, produtor cultural e compositor brasileiro. Makely é poeta, compositor e agitador cultural. Atuando em diversas áreas como a música, a poesia e o vídeo. Incorpora à sua produção artística um componente crítico e reflexivo. Autodidata, desenvolveu uma poética musical própria, amalgamando elementos da trova e do aboio de herança ibérica às novas linguagens sonoras urbanas como o rap, do despojamento da poesia marginal ao rigor formal da poesia concreta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top