BLOG

Você quer música nas escolas?

Há um video-documentário sobre Villa-Lobos chamado “O Índio de Casaca”. Uma das cenas mais impressionantes é a que mostra o maestro regendo um coro orfeônico de quarenta mil crianças no Maracanã com dois cabos de vassoura como batutas. É fato que o programa de ensino musical nas escolas implantado por Villa durante o Estado Novo serviu aos interesses nacionalistas do governo Vargas mas, ainda assim, representa um dos últimos episódios de interesse do poder público pelo ensino musical de forma ampla e irrestrita. E mesmo com todas essas implicações político-ideológicas que tornam o assunto bastante espinhoso, é inegável a contribuição do canto orfeônico para a formação musical de gerações inteiras não só de músicos, mas de consumidores exigentes de música.

Graças aos militares somos um país de analfabetos musicais. Devido à reformulação da grade curricular após o golpe de 64 dando ênfase ao tecnicismo como justificativa para alavancar o crescimento econômico do país, o ensino de artes em geral foi relegado a segundo plano, hobby, passatempo. O ensino de música se transformou em Educação Artística, e só quem passou pelo constrangimento de assistir a essas aulas na infância sabe do que estou falando.

Por isso a notícia é de extrema importância! Gostaria de dizer a todos os que se interessam pela volta da educação musical nas escolas que, neste momento, estamos aguardando a relatoria pela aprovação dos Projetos de Lei 330/2006 e 343/2006 (idênticos) pela Sra. Senadora Marisa Serrano, integrante da Comissão de Educação, Cultura e Esportes do Senado Federal. É a reta final de um trabalho realizado por músicos e entidades ligadas à área musical no âmbito do Senado. Para esta etapa da luta, é muito importante que voltemos a nos mobilizar tal como fizemos durante a massiva adesão ao manifesto que foi entregue aos senadores na Audiência Pública realizada em 22 de novembro passado, dando origem aos PLs 330 e 343. Para tanto, peço a todos os interessados que encaminhem ao gabinete da Senadora, por e-mail, um pedido pela aprovação de um dos PLs pela volta da educação musical nas escolas do Brasil. É hora de mostrarmos que não houve desmobilização ou desinteresse pelo assunto!

 
Envie um e-meio pedindo a aprovação da volta
da educação musical nas escolas para:
 
Senadora Marisa Serrano (MS)
marisa.serrano@senadora.gov.br

Postado em 04/10/2007 Blog!

Compartilhe

Sobre o autor

Makely Ka (Valença do Piauí, 1975) é um poeta cantor, instrumentista, produtor cultural e compositor brasileiro. Makely é poeta, compositor e agitador cultural. Atuando em diversas áreas como a música, a poesia e o vídeo. Incorpora à sua produção artística um componente crítico e reflexivo. Autodidata, desenvolveu uma poética musical própria, amalgamando elementos da trova e do aboio de herança ibérica às novas linguagens sonoras urbanas como o rap, do despojamento da poesia marginal ao rigor formal da poesia concreta.

(3) respostas

  1. Cris Ventura
    07/10/2007 de 12:33 · Responder

    Onde tem esse documentário??
    Mandei o e-mail lá… muito bacana essa postagem.

  2. Lucas Virgolino
    11/10/2007 de 13:18 · Responder

    Devemos a esse Ìndio de Casaca parte da riquesa musical existente hoje no Brasil.
    As novas gerações já estão sentindo o gap originado na década de 60.
    O futuro de nossa cultura musical infelizmente depende da classe política para sobreviver.
    Viva a música Brasileira!

  3. Sifonics
    23/10/2007 de 14:44 · Responder

    Nossa, que bacana.. Não sabia de nada disso. Vou mandar o e-mail. Na minha escola eu tive aula de música como matéria obrigatória, mas eu estudei em uma escola “experimental”.

    Gostei do blog, voltarei mais vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top