BLOG

Rapper Branco

Eu sou um rapper branco classe média alta

Mas eu canto em banto e falo tudo na lata
Ter dinheiro no banco não me afasta da luta
Eu sou um rapper branco e não sou filho da puta

Vem do morro e do asfalto tá no centro em toda parte
Não me venha com a conversa que isso tudo é um disparate
Seu preconceito me faz aprimorar minha arte
O pensamento é sagaz só apertar o start

Meu break street dance num solo de Pina Bausch
Meu sampler June Paik numa fita com John Cage
Meu graffitti é um stiker inspirado em Basquiat
Não vim aqui pra pedir eu vim aqui pra cobrar

Quero respeito com meus manos, nós não somos da gangue
A minha rima vem Schoenberg: sprechgesang
Corre dentro da veia a mesma cor do seu sangue
O mocinho e o bandido só cabem no bang bang

Eu não sou da ku klux klan nem da causa comunista
Não defendo a fé cristã nem a causa ambientalista
Meu sotaque causa espanto e eu não estanco e dou na vista
Pois lá fora preto ou branco benquisto é só turista

Postado em 11/06/2008 Blog!

Compartilhe

Sobre o autor

Makely Ka (Valença do Piauí, 1975) é um poeta cantor, instrumentista, produtor cultural e compositor brasileiro. Makely é poeta, compositor e agitador cultural. Atuando em diversas áreas como a música, a poesia e o vídeo. Incorpora à sua produção artística um componente crítico e reflexivo. Autodidata, desenvolveu uma poética musical própria, amalgamando elementos da trova e do aboio de herança ibérica às novas linguagens sonoras urbanas como o rap, do despojamento da poesia marginal ao rigor formal da poesia concreta.

(11) respostas

  1. Anonymous
    13/06/2008 de 11:35 · Responder

    Putz!
    Que vergonha…

  2. Liah in Casulo
    13/06/2008 de 14:54 · Responder

    O diferencial passado a limpo.

    beijos….

  3. Anonymous
    13/06/2008 de 20:25 · Responder

    Gostei da ironia fina!
    Será que a carapuça serviu no anônimo?

    Janaina Cunha

  4. Alê
    14/06/2008 de 18:20 · Responder

    Toca um Rap Amarelo, Sr. Rapper Branco…
    Ritmo e poesia, salve!

  5. Walmir
    16/06/2008 de 01:41 · Responder

    Rapaz, só agora me dei conta de que vc mantém um blog. Gostei. Vou lendo de pouco em pouco e comentando.
    Paz e bom humor, sempre.
    Walmir
    http://walmir.carvalho.zip.net

  6. Anonymous
    16/06/2008 de 20:59 · Responder

    bárbaro, makely!

    Getúlio Maia
    http://hipotrelico.blogspot.com

  7. mary
    17/06/2008 de 16:39 · Responder

    bravo!
    adoro esse seu lado “brabo”.

    tem coisa sua no meu blog, não pedi permissão (sempre peço) mas precisava daquele poema!

  8. Luiz Navarro
    17/06/2008 de 22:47 · Responder

    gostei da letra makely!
    sinceramente, não sei se você está sendo irônico, acerdito que não. se estiver mesmo provocando, não importa, gosto assim mesmo.

    você soube do ataque de pichadores à faculdade belas artes de são paulo?

  9. marcelo
    17/06/2008 de 23:25 · Responder

    Maka, gostei!
    Gostei mesmo!
    E, olha, li teu poema “ODE” no Bloomsday aqui em Santa Maria e posso te dizer que ganhaste mais uns fãs. Abração!

  10. makely
    19/06/2008 de 01:56 · Responder

    Liah, obrigado pela visita direto da terrinha! Fico aqui pensando, como soaria um rapper português?

    Janaina, acho uma ironia até grosseira, pra dizer a verdade!

    Alê, o rap amarelo seria pra combinar com o samba amarelo do Caetano? Ou seria uma homenagem ao centenário da imigração japonesa? Ou ambos?

    Walmir, fique à vontade! Já está devidamente linkado.

    Mary minha cara, você não precisa pedir permissão alguma. O poema é seu! Quanto à brabeza, é um desvio de conduta segundo minha professora do primário.

    Luiz, essa letra na verdade foi feita para a trilha de um espetáculo de dança da Cia. Seraquê, dentro de um projeto onde nos trabalhávamos com jovens da periferia. A idéia era mesmo quebrar paradigmas, questionar umas idéias estabelecidas. Imagina a dificuldade para um rapper de verdade cantar isso. Ao mesmo tempo, porque não? Quanto ao ataque, eu não soube. Onde está a matéria?

    Valeu Marceleza! Com as bênçãos de Joyce, uma hora dessas eu chego aí pra gente fazer esse e muitos outros juntos.

    Forte abraço a todos!

  11. Luiz Navarro
    19/06/2008 de 10:41 · Responder

    makely, colei a matéria no meu blog, dá uma olhada lá!
    abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top